Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Combate à violência nas escolas ganha apoio internacional

Publicação:

Concurso da Cipave realizado em 2017 contou com a participação de milhares de estudantes do Estado
Concurso da Cipave realizado em 2017 contou com a participação de milhares de estudantes do Estado - Foto: Divulgação Seduc
Por Paulo César Flores

O Programa Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar (Cipave), da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), foi selecionado para receber a consultoria da Corporação Andina de Fomento (CAF). A instituição, formada por 19 países e 14 bancos privados, promove um modelo de desenvolvimento sustentável através de operações de crédito, recursos não reembolsáveis e apoio em estruturação técnica e financeira de projetos dos setores público e privado da América Latina. Participaram da seleção 120 propostas provenientes da região.

O objetivo da consultoria é verificar o impacto, as mudanças e as transformações atribuídas diretamente às Cipaves, principal iniciativa do governo do Estado para incentivar a cultura da paz e reduzir os índices de violência em mais de 2,4 mil escolas gaúchas.

Avaliadores - Durante quatro meses, uma equipe de avaliadores, financiados pela CAF, deverá acompanhar as ações da Cipave, fazendo um diagnóstico, inclusive a necessidade de aporte de recursos que seriam feitos pela própria instituição internacional. “Além da visibilidade, teremos condições de verificar se estamos indo no caminho correto e como podemos aperfeiçoar e ampliar as ações de combate à violência nas escolas”, destaca a Coordenadora da Cipave, Luciane Manfro. A proposta foi elaborada em parceria com a Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), por meio do Núcleo de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas (NUMA).

CIPAVE